quarta-feira, 25 de julho de 2018

Algarve, Portugal

É nada mais, nada menos que a região turística mais procurada de Portugal. O clima temperado, caracterizado por invernos amenos e curtos e verões longos, quentes e secos, proporciona uma atmosfera acolhedora para visitantes de todas as partes do mundo. As águas calmas que banham a costa sul completam os atributos do destino.


Para quem procura resorts animados junto ao mar, Faro, Portimão, Albufeira ou Vilamoura são escolhas perfeitas. Os destinos mais tranquilos estão na costa oeste, frente ao Atlântico, onde vilas, como Aljezur, oferecem praias desertas.

A maioria das cidades e vilas preserva ainda o legado dos cinco séculos de ocupação árabe, com ruas estreitas e arquitetura bem característica, com chaminés de diferentes formas e design geométrico.

A costa sul é a mais popular, escolhida como destino de férias por estrangeiros e pelos próprios portugueses. Os baladeiros também têm vez em Algarve. Isso porque a região oferece mais de 70 opções de discotecas, bares e grandes festas.

O Le Marquis Restaurant (Monte da Palhagueira, Santa Barbara de Nexe) é especializado em culinária francesa e oferece refeições requintadas acompanhadas de um ótimo vinho.

Ainda em Faro, O Gimbras (rua General Teofilo da Trindade, 3) é outra escolha certeira. O estabelecimento português é relativamente simples, mas possui uma cozinha de dar inveja. Invista nas sugestões da casa.

As regiões de Algarve oferecem artesanatos variados, cada um com uma especialidade. A Vila Real de Santo Antônio, por exemplo, é famosa por fabricar toalhas de mesa ou bordados de cama; chapéus de palha, sandálias e cestas são especialidade de Loulé; frascos de mel, geleia e marmelada artesanal estão no mercado de Olhão; artigos de couro, sapatos ou bolsas artesanais são vistos aos montes nas lojas do centro de Portimão; cerâmica decorada, tigelas e pratos estão à venda em lojas de Almancil; e garrafas de Medronho e licor típico da região são encontradas em Monchique.

O aeroporto de Faro, portão de entrada de Algarve, fica apenas a cerca de três horas dos principais destinos europeus.

Embora grande parte das pessoas visite o Algarve durante o verão, o destino é muito solicitado durante o inverno, graças ao clima ameno e às acomodações com valores mais acessíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário